Como fazer água de rosas? ÁGUA DE ROSAS – propriedades e finalidade

Por Cláudia Gusmão

A água de rosas apresenta propriedades de tonificação, suaviza as irritações da pele e rejuvenesce. Por esta razão, é muitas vezes usada em tratamentos de cuidado de rosto em salões de SPA. Além disso, é um componente obrigatório dos banhos relaxantes. Que outras propriedades e utilizações oferece a água de rosa e como fazer este produto você mesma?

Como é produzida a água de rosas?

A água de rosas é um resíduo do processo de destilação das pétalas de rosa com vapor. Embora seja um efeito secundário da produção do óleo de rosas, possui várias propriedades benéficas. A sua fragrância é mais delicada do que o aroma do óleo de rosas. A rosa damascena é usada com muita frequência para a produção de água de rosas, e, mais raramente, a rosa de Provença e a rosa francesa.

Como funciona a água de rosas?

A água de rosas, como qualquer outro hidrolato natural, possui um pH próximo do pH da pele natural e é rico em bioflavonóides, incluindo quercina. Os bioflavonóides são as substâncias responsáveis pela cor das plantas e as propriedades antioxidantes da água de rosas também se devem a estas substâncias. Além disso, devido ao teor em betacaroteno, a água de rosas possui qualidades antisséticas, anti-inflamatórias e calmantes, enquanto as vitaminas do grupo B reduzem a tensão e a queratinização da pele. As vitaminas C e E contidas na água hidratam a pele e retardam o processo de formação de rugas. A vitamina C também fortalece os capilares.

A água de rosas contém óleos essenciais voláteis que são responsáveis pela sua fragrância subtil. Os óleos essenciais possuem propriedades aromaterapêuticas e melhoram o nosso bem-estar.

Uma vez que a água de rosas possui um efeito calmante, é recomendada para pessoas com pele com tendência a ganhar acne. É importante referir que a água de rosas pode ajudar na terapia de tratamento da acne mas não constitui a sua base. Adicionalmente, a água de rosas limpa e melhora a tonalidade da pele e confere uma cor saudável. É o tónico ideal para todos os tipos de pele, pois também afeta a sua barreira hidrolipídica protetora.

Água de rosas – propriedades

A água de rosas melhora a tonalidade e cor da pele, e também limpa, hidrata e suaviza a pele. Possui também propriedades antisséticas e anti-inflamatórias. A água de rosas suaviza a pele irritada, reduz a vermelhidão e a acne, ilumina a pele e elimina as manchas. Equilibra também o pH acídico da pele. É importante referir que a água de rosas melhora o humor e proporciona energia. É possível encontrar cosméticos à base de água de rosas em todas as lojas. Estes produtos apresentam propriedades antienvelhecimento e antirrugas. A água de rosas nutre eficazmente até a pele mais sensível, razão pela qual é recomendada especialmente para o seu cuidado.

Água de rosas – utilização

Água de rosas na pele

A água de rosas é um componente de muitos cremes e máscaras dedicados aos cuidados com o rosto e destinados a diferentes tipos de pele: limpa a pele normal, ajuda a controlar a secreção de sebo na pele oleosa e proporciona alívio à pele sensível. Além disso, suporta o tratamento de feridas e queimaduras solares independentemente do tipo de pele.

Água de rosas para combater a queda de cabelo

A água de rosas é uma adição valiosa aos cosméticos que se destinam ao cuidado capilar. A sua utilização regular reduz a inflamação do couro cabeludo e acelera a circulação sanguínea e o crescimento do cabelo.

Água de rosas para combater a fadiga e a depressão

Sempre que nos sentimos nervosas ou cansadas, podemos tomar um banho com água de rosas. Irá melhorar o humor e deixar-nos mais relaxadas. Uma vez que o nosso humor é refletido pela nossa aparência, depois de um banho destes, não só nos sentimos melhor, como também a nossa aparência ficará melhorada. Ficamos mais bonitas e radiantes, e, consequentemente, mais jovens.

Água de rosas para combater as dores de cabeça

Todas nós já sofremos de dores de cabeça. Os medicamentos eliminam a dor, mas não são indiferentes ao corpo. Felizmente, existem maneiras menos invasivas de pôr termo a uma enxaqueca, como por exemplo uma compressa fria à base de água de rosas. Basta colocá-la na cabeça e deixar ficar durante 45 minutos. Após esse período, a dor deve desaparecer.

Água de rosas nos dentes

A água de rosas também recomendada por dentistas que utilizam este produto para tratar de doenças periodontais. As compressas feitas com discos de algodão embebidos em água de rosas são eficazes a reduzir a inflamação das gengivas. Um enxaguamento à base de água de rosas quente será igualmente eficaz. A sua utilização regular suaviza a gengivite, fortalece os dentes e elimina odores desagradáveis.

Água de rosas – como fazer?

Para preparar água de rosas, vão precisar de cerca de 250 gramas de pétalas de rosas. Estas devem estar limpas, ou seja, livres de pesticidas. O melhor será recolhê-las de manhã. Em seguida, utilize um coador grande e lave as pétalas com um fluxo de água intenso. Depois, coloque as pétalas num pano fino de algodão e embrulhem num saco. Coloquem-nas numa taça de vidro, fervam água e deitem sobre as pétalas mal tapadas. Depois tapem com película e prendam com um elástico. A mistura deve ficar a repousar durante a noite, para a infusão ficar bem saturada. De manhã, vertam a água para um jarro e espremam o que resta da infusão com um pano e deitem dentro do jarro.

A água de rosas deve ser armazenada no frigorífico num frasco selado durante, no máximo, duas semanas. Se congelarem em recipientes pequenos, poderão utilizar o produto durante 6 meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *