Argila verde – tipos, propriedades e uso

Por Cláudia Gusmão

A argila verde possui propriedades antibacterianas, e é por isso que é eficaz no cuidado de pele problemática. As máscara faciais matificam e suavizam a pele, apresentam propriedades antisséticas e evitam o aparecimento de imperfeições. Que propriedades, composição e aplicação possui a argila verde? Quais os seus tipos e como fazemos para preparar uma máscara caseira com argila verde?

Argila verde – propriedades

Como o nome sugere, a argila verde tem uma cor verde que é determinada pelos iões de ferro nela presentes. É extraída dos depósitos profundos de sílica e alumínio localizados em França e nos EUA. Este é o tipo de argila mais popular de todos e é especialmente recomendado para pele oleosa e com acne.

A argila verde pode ser usada não só externamente, mas também internamente. Pode ser tomada na forma de uma bebida, e suporta o tratamento de doenças do sistema digestivo e combate as inflamações orais.

Argila verde – tipos

Existem dois tipos de argilas verdes: montmorilonita e ilita.

A montmorilonita é extraída no sul de França. O seu nome deriva do nome da região Montmorillon, onde foi descoberta. A montmorilonita contém 20 sais minerais e vários micronutrientes e oligoelementos.

A ilita é obtida nos EUA, especificamente no estado de Illinois. Embora contenha menos elementos valiosos do que a montmorilonita, também permite regenerar a pele e regular os processos que nela ocorrem.

Ambos os tipos de argila verde estão disponíveis online e em lojas físicas a preços semelhantes. Ao adquirir este produto, é importante prestar atenção à cor, que deve ser nitidamente verde, já que uma cor bege ou acinzentada indica que o produto é de baixa qualidade. Além disso, deve apresentar uma data de validade longa e a sua composição deve ser isenta de aditivos (rótulo: “100% argila verde / argila verde”).

Argila verde – composição

A argila verde é rica em micro e macroelementos que têm um efeito benéfico na pele. O silício acelera os processos de cicatrização da pele e regula a secreção de sebo, enquanto o magnésio retarda os processos de envelhecimento da pele e evita reações alérgicas e inflamações. O cálcio estimula a regeneração celular e deixa a pele esticada e hidratada, enquanto o selénio confere firmeza à pele, reduz a descoloração, aumenta a proteção contra a radiação UV e possui propriedades antifúngicas e antibacterianas. O manganês protege contra os efeitos negativos dos radicais livres e reduz a tensão da pele, corrigindo as rugas. O fósforo promove a renovação celular e mantém o pH adequado da pele. O cobre regular o trabalho das glândulas sebáceas e oxigena as células da pele, tornando-a mais elástica. O ferro melhora a síntese de colagénio e acelera a regeneração das células danificadas.

Argila verde – ação

A argila verde contém uma concentração elevada de bioelementos que têm um efeito benéfico em peles problemáticas. Se for usada regularmente, equilibra a secreção de sebo, deixando a pele menos oleosa e os poros mais fechados. Além disso, possui propriedades antibacterianas e antifúngicas e, como resultado, limita o desenvolvimento de manchas, limpa eficazmente e remove as toxinas. Além disso, acelera o processo de cura de inflamações, ilumina e uniformiza o tom da pele e suaviza a sua estrutura. A argila verde reafirma e confere oxigénio à pele, atrasando o processo de envelhecimento. Quando aplicada nas coxas, reduz a celulite.

Argila verde – aplicação

A argila verde possui propriedades benéficas que se encontram num vasto leque de aplicações de cuidado.

  • Máscara anticelulite
    A argila verde pode ser aplicada nas coxas e outras partes grandes do corpo, pois oferece qualidades anticelulite, melhora a circulação e confere firmeza. Se a pele tiver a tendência a ficar seca, a máscara pode ser enriquecida com algumas gotas de óleo essencial. Depois de aplicar a máscara, é recomendado que envolvam as coxas com filme plástico e esperem cerca de 14 minutos, de preferência sob uma manta quente. Retirem a argila passados cerca de 15 minutos.
  • Esfoliante
    Depois de aplicar a argila, em vez de a removerem do rosto, podem usá-la para fazer um esfoliante delicado. O pó é tão fino que não irrita a pele mas remove as células da pele mortas na perfeição.
  • Pó de banho
    Podem adicionar argila verde ao banho. Para tal, deitem cerca de meio copo de argila na banheira com a água a correr.
  • Pasta de lavagem capilar
    Para obter uma pasta de lavagem, basta misturar argila verde com água. A pasta resultante deve ser aplicada com o cabelo e o couro cabeludo húmidos, realizando depois uma massagem durante 2-3 minutos. A mistura irá absorver todas as impurezas e o sebo, fortalecendo as raízes do cabelo e atuando no couro cabeludo como um esfoliante delicado.
  • Máscara de limpeza
    Os efeitos da aplicação de argila nesta forma são quase imediatamente visíveis: a pele fica mais brilhante e macia.

Como preparar uma máscara de limpeza com argila verde?

É muito fácil preparar uma máscara à base de argila verde. Não utilizem utensílios, talheres ou outros acessórios feitos de metal, pois este material retira sempre as propriedades da argila verde.

Para preparar uma máscara de limpeza com argila verde, deitem parte de argila verde num recipiente limpo. Uma colher de sopa do pó é suficiente para revestir todo o rosto. Em seguida, apliquem uma quantidade pequena de água, de preferência destilada ou engarrafada, e não parem de mexer até obterem a consistência de um creme espesso. Mais tarde, apliquem a máscara no rosto, pescoço e/ou linha do pescoço com o dedo, espátula ou escova. Aguardem 10-15 minutos, mas não deixem a argila secar completamente. Para evitar que isso aconteça, pulverizem água termal ou hidrolato de vez em quando. Por fim, retirem a máscara com água morna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *